FANDOM


Este artigo é sobre o mundo real. DC Comics 2016 logo

Esta página serve para listar as análises técnicas e críticas do filme Batman v Superman: Dawn of Justice.

CríticasEditar

Batman v Superman: Dawn of Justice recebeu em geral críticas negativas ou mistas dos críticos, e mistas e positivas dos usuários. Suas críticas negativas vieram pela narrativa desconexa e muitos cortes feitos de última hora. Porém, recebeu elogios por seu espetáculo visual, seu tom sombrio e as performances de Affleck, Gadot, Irons e Hunter, enquanto o desempenho de Cavill foi chamado de "sem carisma". A atuação de Eisenberg como Lex Luthor recebeu críticas "polarizadas", com críticos elogiando sua interpretação do personagem ou argumentando que ele "aleijou" o filme.

No Brasil, os sites especializados deram notas mais mistas ou positivas. O site Adorocinema deu ao filme uma nota média de 2.5 de 5.0, alegando que o filme poderia ter tratado melhor temas como xenofobia melhor, e criticou a "visão" de como Snyder passa a situação: "Se a proposta é colocar Superman com ar messiânico, ele simplesmente cria uma cena em que o Homem de Aço surge envolto por luzes, como se santificado fosse, com uma família em apuros clamando por ajuda".[1] No entanto, os usuários do site deram uma média de 4.2 de 5.0 para filme, com mais notas positivas do que negativas.[2] O site Omelete deu a nota "00000", que seria o equivalente a "4 de 5", chamando o filme de "Ótimo", elogiando a "forma como Snyder trata Batman e Superman, com arcos bem básicos, os traumas do primeiro e os dilemas do segundo".[3]

BBC News informou que, "o filme tinha sido amplamente elogiado pelos fãs depois de sua primeira exibição em Nova York na semana passada. Mas os críticos não têm sido tão positivos sobre o filme muito aguardado".[4]

"Ultimate Edition"Editar

Ao ser lançada a "Ultimate Edition", as críticas negativas, em sua maioria foram revertidas para positivas, com alguns críticos pedindo perdão à Zack Snyder em suas redes sociais por terem o criticado. Após o ocorrido, Zack Snyder se pronunciou numa entrevista feita para o Collider: "Então tudo isso estava acabado. Foi realmente apenas uma questão de tempo, para ser honesto... Quando você chega com mais de duas horas e meia o estúdio começa a ficar nervoso. Eu não sou James Cameron, que é como 'Não, é três horas, é uma experiência'." Além disso, o corte do filme fez com que a Warner Bros. se tornasse bastante criticada, pelos fãs da DC e outros cinéfilos em geral, por limitar a criatividade do cineasta.

O site Plano Crítico deu ao filme uma nota 3.5 de 5.0, afirmando que a "Ultimate Edition" deu um novo ar ao filme, "esses 30 minutos adicionais realmente são benéficos à produção, no geral".[5]

ReferênciasEditar