FANDOM


"Eu existo apenas para proteger Krypton, esse é o propósito do meu nascimento, e cada ação que eu realizo não importa o quão violenta ou quão cruel, é para um bem maior do meu povo."
―Zod para Kal-El[fonte]

O General Dru-Zod (morto em 2013) foi um alienígena do planeta Krypton.[1] Como um Kryptoniano, Zod tinha habilidades especiais quando no sistema estelar de um Sol amarelo.[1]

O Comandante da Guilda Militar Kryptoniana sendo responsável pelas forças do planeta inteiro, Zod se rebelou contra o Conselho de Direito Kryptoniano do planeta para substituí-los como governante com a ajuda de Faora-Ul e um batalhão de soldados leais em um movimento chamado Espada de Rao. Oposto por Jor-El, Zod e seus asseclas foram capturados e colocados na Zona Fantasma via nave de Black Zero, mas escaparam quando Krypton explodiu quebrando o selo da Zona e indo para Terra onde ele ficou cara a cara com o único filho de Jor-El Kal-El. Com a intenção de terraformar a Terra em um novo Krypton, Zod e suas forças lutaram contra Kal-El, que terminou com Kal-El relutantemente tendo que quebrar o pescoço de Zod, matando-o.[1]

BiografiaEditar

Início da vidaEditar

Zod nasceu no planeta distante Krypton geneticamente projetado como um líder comandante e guerreiro feroz. Ele era um em uma longa linhagem de guerreiros que serviam nas Forças Armadas Kryptonianas de Krypton, subindo até o posto de "General", do qual ele era conhecido antigamente como "General Zod" de agora em diante. Zod foi colocado no cargo da Guilda dos Guerreiros em Krypton e foi ferozmente dedicado ao seu dever e seu 'povo'.[1]

Zod também tinha um forte respeito mútuo e amizade por Jor-El da Guilda dos Pensadores.[1]

RebeliãoEditar

"Estou fazendo o que deveria ter feito anos atrás. Esses legisladores, com seus intermináveis debates, levaram Krypton à destruição!"
―Zod para Jor-El[fonte]
General Zod e suas forças

Zod começando sua aquisição.

Acreditando que o Conselho de Direito Kryptoniano está fraco demais na salvação de sua raça, Zod decide que ele precisa se encarregar de garantir que Krypton sobreviva e funda o movimento da Espada de Rao para destruir as linhagens degenerativas e começar de novo em um novo planeta. Ele e alguns homens chegam à Câmara de Legislação onde Jor-El está em sessão com eles. Ele informa Jor-El de seus planos, que rejeita seu plano dizendo-lhe que é loucura e tem seus homens levá-lo embora enquanto Zod informa o Conselho de seus planos antes de matá-los.[1]

Zod contra Jor-El

Zod lutando contra Jor-El.

Quando lhe disseram que Jor-El escapou e também roubou o Codex de Crescimento, Zod e alguns homens viajam para a Casa Anexa de El onde Zod confronta Jor-El cara a cara até Lara Lor-Van lançar seu filho do planeta. Acreditando Jor-El virando de costas para seu amigo, Zod batalha contra Jor-El e depois de uma luta dura, esfaqueou seu amigo com a enorme lâmina de sua armadura. Entristecido com o que tinha que fazer com seu amigo, ele e seus seguidores foram presos pelos Guardas de Safira.[1]

Zod sendo preso

Aviso de Zod capturado para Lara.

Capturados, Zod e seus asseclas foram levados a julgamento antes do Conselho da Lei com vários burocratas e Lara Lor-Van presentes. Eles foram condenados a 300 anos de recondicionamento dentro da Zona Fantasma. Zod se aproximou de Lara e declarou que o envio de seu filho ilegal não era suficiente e que ele não estava seguro e ele o encontraria. A nave Black Zero desceu sobre Kandor e Zod e seus companheiros embarcaram e passaram pelo projetor da Zona Fantasma para sua sentença.[1]

O núcleo de Krypton cedeu como Jor-El havia previsto anteriormente e o efeito cascata de sua destruição quebrou os limites da Zona Fantasma, permitindo que a nave Black Zero escapasse. Vendo seu planeta destruído, Zod declarou que o Black Zero seria sua nova nau capitânia e começou a procurar no universo por colônias Kryptonianas sobreviventes, encontrando uma colônia morta e um Gerador Terraformista que levaram com eles. Logo pegaram um farol Kryptoniano e o seguiram para o planeta Terra em busca de Kal-El e um novo lar adequado.[1]

Chegada na TerraEditar

"Eu vou fazer eles sofrerem, Kal. Esses humanos que você adotou, eu vou tirar todos eles de você um por um."
―Zod para Kal-El[fonte]
A mensagem do General Zod

A mensagem de Zod para a Terra.

O Black Zero entrou na atmosfera externa da Terra, onde o general Zod usou seu carro-chefe para transmitir uma mensagem aos computadores primitivos do planeta Terra. Ele pediu que os terráqueos dessem Kal-El ou sofreriam as consequências.[1]

General Zod torturando mentalmente o Superman

Zod tortura Kal mentalmente.

Depois de receber uma mensagem de que Kal-El seria entregue, Zod enviou Faora em uma nave-robô para capturar Kal-El, e também a humana Lois Lane. Eles foram tragos a bordo, onde a atmosfera de Black Zero mexia as habilidades de Kal, as anulando. Zod o deixou amarrado e Jax-Ur tomou um pouco de seu sangue antes de sujeitar os dois a uma investigação, onde Zod projetou imagens na cabeça de Kal de uma raça humana caída. Kal trouxe a bordo a Inteligência Artificial de Jor-El que ajudou Lois Lane a escapar em uma cápsula de fuga para a Terra. Enquanto as forças de Zod tentaram recapturar Lois, Kal usou sua força de retorno para escapar de suas amarras e escapar depois de receber o incentivo de Jor-El.[1]

General Zod e suas forças na Fazenda Kent

Zod e suas forças chegam em Smallville.

Zod e seus homens estavam em naves batedoras e rastrearam a nave em Smallville, na Fazenda Kent especificamente. Eles chegaram e foram recebidos por Martha Kent, que negou qualquer conhecimento da localização do códice. Faora encontrou a nave de Kal-El no celeiro, ameaçando Martha em seguida para que ela cedesse o códice. Com Zod prestes a atacá-la, Kal-El apareceu e enfrentou Zod no centro de Smallville. O general ainda estava se acostumando com seus poderes sob o Sol amarelo e com o visor danificado, seus sentidos começaram a subjugá-lo. Faora e Nam-Ek chegaram e enfrentaram Kal-El na batalha antes de derrotá-los com sua maior experiência com a energia solar. Percebendo que eles foram superados por enquanto, Zod e seus seguidores se retiraram para o Black Zero.[1]

Zod na nave batedora

Zod argumentando com o "fantasma" de Jor-El.

Depois de se recuperar a bordo do Black Zero, Zod ordenou o lançamento do Gerador, que é deixado no oceano Pacífico antes do Black Zero ser levado para Metrópolis. Zod ordenou que ambos sejam ativados enquanto ele viajava para o Ártico onde encontraria a Fortaleza da Solidão e conhecesse a IA de Jor-El, terminada antes de levar a nave à Metrópolis. Kal-El, que acabara de destruir o Gerador Terraformista, chegou e colidiu com a nave, a derrubando por vários prédios. O Coronel Nathan Hardy pilotou um avião contendo a nave de Kal-El junto com Faora para o Black Zero, criando uma singularidade que sugou o Black Zero junto ao avião contendo Hardy e Faora a bordo.[1]

Superman contra o General Zod

Zod enfretando Kal-El.

Perdendo todos os seus homens em um instante, Zod ficou enfurecido e começou uma luta com Kal-El prometendo se vingar.
General Zod morto

A morte de Zod.

Os dois lutaram através de Metrópolis desferindo soco após soco um no outro, destruindo prédios e derrubando arranha-céus antes de Zod arrancar sua armadura e controlar sua habilidade de voar em meio a luta. Eles voaram para o céu e temporariamente no espaço antes que os dois caíssem na Estação Central de Metrópolis onde Zod atacou civis inocentes com sua visão de calor. Kal-El agarrou Zod para tentar impedir que sua visão de calor alcançasse os civis. Ele foi forçado a quebrar o pescoço de Zod para detê-lo, matando-o no processo.[1]

AparênciaEditar

Dru-Zod

Zod trinta e três anos depois.

Zod é um homem alto e musculoso, com olhos castanhos, cabelo castanho escuro curto perto de cabelos negros e pêlos faciais no queixo. Ele usa um uniforme militar nativo negro de Krypton que tem um emblema de prata de sua família no peito e possui uma capa preta e botas pretas. Ele também tem uma longa cicatriz de batalha à esquerda de seu olho esquerdo após sua luta com Jor-El.

General Zod frustrado

Zod na sua armadura militar.

Quando aparte das Forças Armadas Kryptonianas, Zod usava o padrão Armadura Militar Kryptoniana que era uma armadura de batalha de cor marrom-escura, quase cinza, que cobria a maioria dos braços de Zod, todo seu torso e pernas. Projetado para caber perfeitamente sobre sua roupa de baixo, também tinha o emblema de Zod no peito.

General Zod na Fazenda Kent

Armadura secundária de Zod.

Zod também usa uma armadura de batalha pesada de metal prateado que possui áreas de proteção no tronco, braços e pernas que foram projetadas para protegê-lo de armas como uma lança de energia ou um rifle Kryptoniano. É bem grande e volumoso, mas intimidador. A armadura também tem um capacete que protege a cabeça de Zod quando em batalha.

Poderes e habilidadesEditar

Visão de Calor do General Zod

Zod usando a visão de calor.

Visão de Raio-X de Zod

Visão de raio-X de Zod.

Veja também: Kryptoniano

Como um Kryptoniano, Zod tem habilidades especiais que aumentam seus atributos físicos enquanto estão sob os raios de um Sol amarelo. Sua força física, velocidade, resistência e reflexos são super-humanamente mais rápidos. Ele também tem habilidades separadas, como vôo e super visão, que tem lentes diferentes que podem representar distâncias longas como um telescópio e podem ver através de coisas como um raio-x.

FraquezasEditar

Embora pareça virtualmente invulnerável e potencialmente imortal sob os raios de um Sol amarelo, Zod ainda tem fraquezas. Zod é vulnerável a outros seres super poderosos com uma força que é suficiente para desafiar a sua própria, embora possa não matá-lo, ainda pode afetá-lo; como outros Kryptonianos e outras raças alienígenas.

Quando ele veio pela primeira vez à Terra e experimentou seus poderes ativados sob um ambiente do Sol amarelo, uma sobrecarga sensorial potencial prejudicou Zod e ele foi forçado a compensar até que seu corpo se ajustasse usando uma viseira de proteção. A radiação de um Sol Vermelho anula totalmente aqueles que ele ganha de um Sol amarelo, tornando-o vulnerável a danos.

PersonalidadeEditar

Geneticamente projetado para nascer como um brutal guerreiro e líder, a personalidade de Zod lutava para se distanciar de seu propósito de vida. Ele tinha sentimentos de compaixão e tinha um forte relacionamento com alguns de seus lacaios mais próximos, além de ter uma amizade com o cientista Jor-El. Ele era um personagem sensato e não tinha medo de agir por instinto, como quando decidiu derrubar o Conselho de Direito sem sucesso. Ele também é, no entanto, uma pessoa irritada que pode virar um capricho e mostrar seu lado brutal. Ele também não tem medo de liberar sua força brutal em pessoas inocentes para se vingar, como quando ele perdeu forças durante a Batalha de Metrópolis, quando ele decidiu matar os seres humanos com sua visão de calor.

GaleriaEditar

Para ver mais imagens e capturas de tela, veja Dru-Zod/Galeria.

Imagens promocionaisEditar

CuriosidadesEditar

Links externosEditar

Há uma galeria de imagens para Dru-Zod. DC Comics 2016 logo

ReferênciasEditar